Galerias

10 posturas de yoga para mulheres grávidas


Veja a apresentação de slides

Sim Yoga pode ser praticado durante a gravidez. Aqui estão algumas posturas para aliviar alguns dos males da gravidez e ajudá-lo a promover a harmonia entre você e seu futuro bebê.

10 posturas de yoga para mulheres grávidas (11 fotos)

Yoga e gravidez: apenas posturas simples

Yoga durante a gravidez? Não é apenas uma atividade física, é também e, acima de tudo, uma maneira eficaz de as mulheres grávidas recarregarem suas energias e viverem serenamente esse momento inesquecível.

No entanto, algumas posturas não são recomendadas para mulheres grávidas. Big barriga exige, ainda devemos prestar atenção às suas ações!

Aqui estão 10 posturas especiais de gravidez que escolhemos para você ...

A borboleta

A postura da borboleta é especificamente recomendada para tonificar e suavizar as coxas e os músculos pélvicos. Uma postura a não perder, especialmente na aproximação do dia J.

Na posição sentada, puxe as pernas e os pés para dentro até que os calcanhares toquem nas nádegas.

Segure os pés com as duas mãos; e ao mesmo tempo, respire.

Faça movimentos para cima e para baixo com os joelhos. Se eles não podem tocar o chão, isso não importa; não force.

A montanha

A postura da montanha ajuda a mulher grávida a trabalhar seu equilíbrio e mobilidade.

Em pé, pernas ligeiramente afastadas (da largura da pelve).

Descanse bem os calcanhares e os dedos dos pés e mantenha-se nessa postura por alguns minutos.

Concentre-se na sua respiração.

O guerreiro

Essa postura tonifica as pernas e os braços e fortalece o equilíbrio. Também alivia dores nas costas.

De pé, com as pernas afastadas.

Gire o pé direito um quarto de volta para a direita e coloque o pé esquerdo para encontrar o equilíbrio. Flexione ligeiramente o joelho direito. A perna esquerda deve estar firme.

Levante os braços suavemente para que fiquem paralelos ao chão. Olhe para a direita.

Mantenha-se nessa postura realizando 5 respirações calmas e regulares.

Volte à posição de pé expirando e empurrando suavemente a perna dobrada.

Repita o movimento do outro lado.

Esticando-se ao lado, em pé

Em pé, abra as pernas. Gire os pés levemente para fora para encontrar um equilíbrio confortável.

Coloque a mão direita sobre a cabeça e coloque a mão esquerda sobre o quadril. E incline-se levemente para o lado esquerdo, sem forçar. Envolve alongamento suave, sem provocar dor ou movimentos errados.

Fique nessa postura por 2 ou 3 respirações e mude de lado.

O gato

Essa postura ajuda a sincronizar seus movimentos com a respiração. Também alivia dores nas costas.

Coloque-se de joelhos de quatro, pressionando as mãos.

Deixe as pernas ligeiramente afastadas.

Enquanto inspira, levante a cabeça, enquanto dobra as costas.

Ao expirar, arredonde as costas e abaixe a cabeça para olhar o umbigo.

Faça 5 movimentos acorrentados e concentre-se na sua respiração.

> Leia também: dor nas costas, que soluções?

A árvore

A postura da árvore faz trabalhar especificamente o quadril, fortalece as coxas e as pernas. Ela trabalha a balança.

De pé, quando você estiver pronto e em equilíbrio; levante gentilmente o pé direito e coloque-o contra a coxa esquerda.

Ao mesmo tempo, respire, levante os braços para o céu e junte as palmas das mãos.

Fique nessa postura por 5 respirações tranquilas e regulares. Não fique mais respirando, para não sobrecarregar as veias da perna.

O cadáver

É a postura que permite que você relaxe. Geralmente é praticado no final de cada sessão.

Deite-se do lado esquerdo como se estivesse indo dormir.

Atire na perna direita e passe-a sobre a perna esquerda (que permanece alongada).

Coloque a perna direita flexionada nas almofadas que você colocou no lado esquerdo.

Fique nessa postura por alguns minutos e respire.

> Assista também ao vídeo: relaxe com o yoga pré-natal

Rotação do quadril

Enquanto estiver com as pernas ligeiramente afastadas, mas paralelas, coloque as mãos sobre os quadris.

Dobre os joelhos levemente; e enquanto realiza respirações lentas e calmas, faça seus quadris (Hula Hoop).

Mantenha as costas e os ombros retos. Não arqueie as costas.

Faça 10 rotações e refaça 10 na direção oposta.

A cadeira

Postura em pé, pernas afastadas da largura da pelve (ou um pouco mais, dependendo do seu conforto):

Faça um bom equilíbrio girando levemente o pé direito e o pé esquerdo em direção ao interior (ou vice-versa).

Enquanto expira, dobre levemente os joelhos e abaixe-se como se fosse sentar em uma cadeira. Mantenha as costas retas.

Volte à posição de pé enquanto inspira.

Faça esta sequência de movimentos 5 ou 6 vezes. E, por último, permaneça na posição da cadeira por alguns segundos antes de voltar a ficar de pé.

Relâmpago

Essa postura não apenas alivia a dor nas costas, mas também é recomendada após a refeição, pois melhora a digestão.

Em uma posição ajoelhada, sente-se nos calcanhares.

Afaste um pouco os calcanhares e deixe as nádegas caírem entre os pés. Mantenha as costas, cabeça e ombros retos. Coloque as mãos nas coxas.

Permaneça nessa postura por alguns segundos e concentre-se na respiração.

Então incline-se um pouco para a frente, levantando os quadris e pressionando as mãos. Ao mesmo tempo, levante os calcanhares e coloque os pés nos dedos dos pés. Fique na ponta dos pés.